domingo, 18 de outubro de 2015

Eu amo-te, mas

Sempre que alguém usa a palavra “mas” antes da frase, “eu amo-te”, não é um bom sinal. “Eu amo-te” nunca deve ser usado como uma desculpa, ou como uma justificação para nada, ora reparem: “Eu amo-te, mas estou com raiva” “Eu estou com raiva, mas eu amo-te” Claro que a segunda parece mais doces, mas é a primeira que parece real.



3 comentários:

  1. Verdade, acalma o teu coração do mal. Recorda o bom e o bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenta pensar no eu Amo-te.
      Sem mas nem porquês.
      Amar é isso mesmo simplesmente se ama e não se sabe a razão.
      Ninguém é perfeito.

      Eliminar