domingo, 30 de agosto de 2015

Ciumes

O ciúme é um sentimento de possessividade em relação a algo ou alguém. Eu não tenho ciúmes dela porque ela não é uma posse minha, ela não me pertence. Nunca ninguém nos pertence e quando achamos que sim, quando damos algo por garantido deixamos de lutar por isso. Como li algures o que mantém as borboletas no teu quintal são as flores que cultivaste e não o muro que tens a volta. Por isso cultiva bem o teu amor, dá tudo de ti e ela não se vai embora porque muros e cercas não prendem ninguém. Eu não tenho ciúmes, eu não tenho medo que a roubem, tenho medo que ela se deixa roubar.

7 comentários:

  1. Que verdade tão grande!
    r: É mesmo uma ótima experiência, ainda bem que o fizeste ;)

    ResponderEliminar
  2. Muito legal esse pensamento...
    Realmente não somos donos de ninguém...


    Beijos
    Ani

    ResponderEliminar
  3. «Eu não tenho ciúmes, eu não tenho medo que a roubem, tenho medo que ela se deixa roubar.» Revi-me imenso neste post...
    Mais uma vez, parabéns pelo blog !
    https://www.facebook.com/escritoabatom

    ResponderEliminar
  4. Muito bom texto.
    A liberdade nunca deve ser tirada.
    O amor não se faz com apenas uma flor
    e sim com um jardim.]
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. junhh que assunto que dava uma bela discussão !
    Quem ama, quem gosta, quem cuida, não dá nada por garantido, não deixa de lutar. Existem ciúme sim na relação, mas essa definição varia de pessoa para pessoa, eu na minha opinião, acho que ciúme é vermos que pessoa que temos ao nosso lado pode ser mais feliz com outra do que connosco mesmos. Por isso, se visse o meu man com uma rapariga poderia pensar que ele poderia ser mais feliz com ela do que comigo, e isso trás ciúme, mas há que ter alguém ao nosso lado quem saiba "apertar o cinto" e dar-nos confiança em nós mesmos para pertencermos a um só.

    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
  6. Gostei imenso. Principalmente aquela analogia das borboletas e dos muros... :)

    ResponderEliminar